sábado, 14 de maio de 2011

Enem terá duas edições em menos de um ano, diz MEC

Prova deverá acontecer nos dias 22 e 23 de outubro.
Ministério prepara uma outra edição para maio de 2012.

O Ministério da Educação (MEC) vai publicar na próxima semana o edital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Serão realizadas duas edições do exame em menos de um ano. A primeira deverá acontecer nos dias 22 e 23 de outubro. A outra prova deve ser marcada para maio de 2012. A assessoria do MEC confirma as duas edições neste período, mas as datas oficiais serão anunciadas no edital.

Com uma prova marcada para o primeiro semestre de 2012, confirma-se a intenção do MEC em aplicar duas edições do Enem por ano. Em recente entrevista ao G1, o ministro Fernando Haddad disse que a realização de duas edições "dependeria de muita gente", como os organizadores, gráficas e esquema de segurança envolvidos, e que o processo seria aperfeiçoado para evitar problemas em edições passadas, como o vazamento de provas em 2009 e os erros de impressão em um lote de provas em 2010. "Eu, sinceramente, acho que o processo de 2010 foi muito melhor que o de 2009. Então, eu entendo que o de 2011 será melhor que o de 2010", disse o ministro.

O MEC deu início em 2009 a um projeto de substituição dos vestibulares tradicionais pelo Enem. A partir do resultado da prova, os alunos se inscrevem no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e podem pleitear vagas em instituições públicas de ensino superior de todo o país. No ano passado, foram ofertadas 83 mil vagas em 83 instituições, sendo 39 universidades federais.

Em 2010, mais de 4 milhões de candidatos se inscreveram para participar do exame.A participação no Enem também é pré-requisito para os estudantes interessados em uma bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni). No total, 59 instituições utilizaram o Enem integral ou parcialmente como forma de acesso dos candidatos no ingresso à universidade.


Fonte: Portal G1

RELEASE - Oswaldo Lamartine: um príncipe do sertão

O Núcleo Câmara Cascudo de Estudos Norte-Rio-Grandenses lançará, no próximo dia 18 de maio, o documentário Oswaldo Lamartine: um príncipe do sertão, cuja produção é resultado de uma parceria entre o Núcleo Câmara Cascudo, a Televisão Universitária e a Secretaria de Educação a Distância da UFRN.


O documentário tem como eixo central uma entrevista concedida pelo escritor OSWALDO LAMARTINE DE FARIA (1919-2007) aos professores Humberto Hermenegildo de Araújo e Vilma Vítor Cruz, com o objetivo de constituir o acervo do Centro de Documentação do Núcleo Câmara Cascudo de Estudos Norte-Rio-Grandenses. A entrevista foi realizada no dia 21 julho 2005, na residência do Sr. Cassiano Lamartine, filho do escritor. Cinco anos após, foram tomados depoimentos de algumas personalidades que conviveram o entrevistado, compondo assim uma imagem póstuma da sua memória. Participaram dos depoimentos: o professor Edgar Dantas, o médico e acadêmico Paulo Bezerra, os jornalistas Vicente Serejo e Woden Madruga, o escritor Dácio Galvão e o Padre João Medeiros Filho.

O roteiro do documentário apresenta a trajetória intelectual do entrevistado priorizando dados da sua biografia, da amizade com escritores (Câmara Cascudo, Raquel de Queiroz, Hélio Galvão, etc.) e da produção bibliográfica sobre a cultura sertaneja, com vasta ilustração imagética.

Na ocasião do lançamento, acontecerá a exposição fotográfica Voo na Acauhan – ensaio fotográfico de autoria de Candinha Bezerra. Percebe-se, no ensaio, a apreensão do universo da fazenda Acauã, espaço onde foi morar o escritor quando voltou do Rio de Janeiro para o Rio Grande do Norte.

Agnaldo Lopes Tavares

Humberto Hermenegildo de Araújo

Vilma Vítor Cruz

Duração: 30 min.

Fonte: www.sedis.ufrn.br

 
PUAP - Av. Senhora Santana, 17 - Centro - Luís Gomes - RN - CEP: 59.940-000