terça-feira, 2 de novembro de 2010

Na primeira viagem ao exterior de Dilma, país vai inaugurar polo de educação a distância

A educação a distância será uma das estrelas da primeira viagem internacional de Dilma Roussef como presidente eleita, a Moçambique, na África. Durante a viagem, acontecerá um evento onde se discutirá o Programa de Apoio à Expansão da Educação Superior a Distância em Moçambique, projeto de educação a distância do governo brasileiro para expansão da Universidade Aberta do Brasil (UAB) no continente africano. Está prevista a inauguração de um polo educacional da UAB em Moçambique, por meio de convênio com a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), instituição federal recém criada com sede em Redenção (CE). Além do presidente Lula, o secretário nacional de EAD, Carlos Eduardo Bielschowsky, também estará na comitiva brasileira. A educação a distância, e especialmente a inclusão educacional por meio desse instrumento, foi uma das principais bandeiras na área educacional levantadas por Dilma Roussef.

O programa será administrado pela Unilab e pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Na divisão de tarefas, caberá à Capes discutir com o governo de Moçambique as áreas prioritárias da educação e as necessidades do país e, a partir disso, organizar a criação de cursos superiores a distância, além de coordenar o processo de concessão de bolsas de estudos e auxílios no exterior. Será responsabilidade da Unilab apoiar a formação de recursos humanos, visando a integração Brasil-Moçambique. Essa parte do trabalho, a Unilab pode desenvolver em cooperação com outras universidades públicas brasileiras.

A formação de professores moçambicanos, conforme a portaria do ministro da Educação, Fernando Haddad, publicada no Diário Oficial da União dia 27, atende um dos dispositivos do Acordo de Cooperação Cultural celebrado entre as duas nações em 2 de julho de 1991. Reforçar os laços de solidariedade e de cooperação, expandir e interiorizar o ensino superior nos países de língua portuguesa com as ferramentas da educação a distância estão entre os objetivos.

Também está no roteiro de Dilma a inauguração de uma fábrica de medicamentos e, depois de Moçambique, uma viagem à Coréia do Sul, junto com o presidente Lula, onde se discutirá economia.


Matéria publicada no portal www.acheseucurso.com.br

 
PUAP - Av. Senhora Santana, 17 - Centro - Luís Gomes - RN - CEP: 59.940-000